SAúDE

Secretária de Saúde de Mangaratiba destaca ações e desafios na gestão do combate à pandemia

Sandra Castelo Branco detalhou como o município tem enfrentado o novo coronavírus e defendeu a transparência na divulgação das informações

Secretária de Saúde de Mangaratiba destaca ações e desafios na gestão do combate à pandemia

Durante uma visita de rotina diária ao Hospital Municipal Victor de Souza Breves (HMVSB), e que agora é a sua atual base de controle e gestão da pandemia provocada pelo novo coronavírus, a Secretária de Saúde de Mangaratiba, Sandra Castelo Branco, conversou com jornalistas da Secretaria Municipal de Comunicação sobre o cenário epidemiológico do município e os desafios de gestão no combate à pandemia. A Secretária falou sobre as ações adotadas e as dificuldades no enfrentamento à Covid-19 em Mangaratiba.

“Enfrentar um inimigo invisível (novo coronavírus) e que a gente não conhece é muito difícil. Com pouco recurso financeiro, um hospital em obras, a falta inicial de material para os profissionais poderem trabalhar, já que encontramos uma saúde dilacerada pelo governo anterior, e ainda dar conta de todas as ESFs e as UBSs funcionando 24h nos distritos, não tem sido uma tarefa fácil”, disse Sandra, sobre alguns dos desafios enfrentados.

DESAFIOS DE GESTÃO

A Secretária explicou que preparar o município para dar assistência a população durante a pandemia é um desafio, mas, que mesmo diante das dificuldades, algumas estratégias tomadas pela Prefeitura fizeram toda a diferença para que o hoje o município tenha um número de pessoas curadas muito maior do que qualquer outro índice negativo.

Segundo ela, o primeiro passo para enfrentar o Covid-19 foi montar uma equipe coordenada pelo setor de Vigilância em Saúde e conseguir o apoio imediato dos demais setores da Prefeitura para interditar possíveis pontos de propagação da doença.

"O trabalho coordenado com a Vigilância nos permitiu interditar temporariamente os grandes possíveis blocos de contaminação de Mangaratiba, que são os hotéis, condomínios, empresas, entre outros. Com isso, em menos de uma semana foi feito o mapeamento e a interdição temporária de todos esses espaços para minimizar o agravamento do número de casos no município", explicou.

A Secretária também relatou a importância da capacitação técnica que todos os profissionais da saúde de Mangaratiba logo que a pandemia chegou ao país, a respeito do uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) e do cuidado reforçado que se deve ter com a higiene pessoal para minimizar o risco de contágio da doença, inclusive nos plantões hospitalares.

Sandra explicou que após treinar os funcionários, a Secretaria focou em estruturar o atendimento nas unidades de saúde, preparar os leitos para receber pacientes e, principalmente, orientar a população.

“Treinar nossos profissionais já foi um desafio. Imagina chegar para uma população que é afetuosa, que gosta de praia, de sol, e falar: você não pode mais ficar na rua, não pode mais ir à praia, não pode mais encontrar seus amigos e nem receber visita na sua casa no final de semana, é muito difícil. E ter que convencer que não se pode esquecer de usar álcool gel, lavar bem as mãos, redobrar cuidados de higiene e ainda obrigar a usar máscara, é mais complicado ainda”, ressaltou Sandra, a respeito do desafio que tem sido conscientizar a população de Mangaratiba sobre a importância das medidas de proteção individual e o isolamento social voluntário.

"Hoje nossa maior arma contra o vírus é se isolar. Isso é imprescindível para nos proteger e para resguardar a vida de quem a gente ama. Estamos trabalhando muito para garantir a assistência hospitalar, mas, a doença ainda está sendo estudada e não temos uma medicação específica para ela. Por isso, sempre pedimos para que as pessoas fiquem em casa", destacou a Secretária.

APOIO GOVERNAMENTAL

Para a Secretária, os resultados que Mangaratiba apresenta hoje só são possíveis pela resposta rápida que a equipe da Secretaria de Saúde conseguiu dar somada a todos os decretos expedidos pelo Prefeito Alan Bombeiro para reforçar o combate à pandemia. O fechamento temporário do comércio, as medidas de isolamento, a parceria com a Secretaria de Segurança e Trânsito (que reforçou a fiscalização em todo o município), a transparência e o cuidado na divulgação de todas as informações importantes para a população feita pela Secretaria de Comunicação fizeram a diferença, segundo ela.

Juntos, os impactos dessas ações executadas pela prefeitura, com o reforço no tratamento ambulatorial ao casos suspeitos de covid e os auxílios recebidos do Governo Estadual, de prefeituras e empresas parceiras, permitiram ao município somar resultados positivos durante a pandemia. Mangaratiba tem hoje um percentual baixo de óbitos se comparados os casos de pessoas curadas no período pós quarentena, mesmo só tendo um hospital de baixa e média complexidade.

“Nós recebemos inúmeras doações de empresas e de outros governos que se sensibilizaram com as nossas dificuldades e resolveram nos ajudar com o envio de duas ambulâncias, dez kits de UTI (respiradores e monitores), testes rápidos para COVID, muitos litros de álcool gel e infinitos EPIs como máscaras, luvas e protetores faciais. Esses equipamentos estão fazendo total diferença no nosso dia a dia para curar pacientes e conseguirmos lutar contra o novo coronavírus”, pontuou a Secretária.

REFORÇO HOSPITALAR

Durante a pandemia, o HMVSB, se tornou um hospital de referência no tratamento de Covid-19 e tem atendido até pacientes de municípios vizinhos.

"Muitos moradores de outras cidades nos procuram. É difícil para nós ter que dar assistência fora do que foi planejado, pois, mexe muito com nossos recursos. Mas, entendemos que todos estão enfrentando dificuldades no setor de saúde durante a pandemia. Nós também estamos sendo ajudados", disse a Secretária, que fez questão de agradecer a parceria importante e de sucesso que Mangaratiba tem com o Hospital Regional do Médio Paraíba Dra. Zilda Arns Neumann, em Volta Redonda. A unidade está está acolhendo os pacientes de Mangaratiba em estágios mais graves da doença.

Antes de encerrar a entrevista, a Secretária fez questão de deixar um importante recado para a população de Mangaratiba, que já registra mais de 220 casos de Covid-19 confirmados e 16 óbitos até o momento.

“A gente não pode deixar de se cuidar. Tem que ser vinte e quatro horas se cuidando. Cuidar de nós mesmos, da nossa família e dos outros. Quando a gente se cuida, automaticamente estamos cuidando do nosso próximo, mantendo de alguma forma a boa saúde mental e não deixando se abater por essa tempestade. Temos a certeza que isso vai passar, mas para isso acontecer, depende da gente fazer a nossa parte. Nosso dever de casa é fazer uma boa higiene pessoal e respeitar o isolamento social, pois, só assim, vamos superar essa fase e teremos a nossa vida normal de novo”.



Deixe seu Comentário

Informativo da Fazenda

Abrir o Informativo da Secretaria de Fazenda

Carta de Serviços

Abrir Carta de Serviços

Portal da SMEEL

Abrir Portal da SMEEL

Transparência COVID-19

Acessar Portal de Informações referentes a Transparência Covid-19

Acesso à Informação

ESic

Atendimento Presencial

Horário de Atendimento: 8h às 16h.
Endereço: Praça Robert Simões, nº 92 (Entrada: Gabinete do Prefeito)
Centro - Mangaratiba - RJ
Tel.: (21) 2789-6000 - Ramal: 6091

Prefeitura nas redes sociais

Prestação de Contas

Cadastro Fazendário

Pré-matrícula CEIM

Tour Virtual Museu Municipal

Ingresse no serviço público

Informações sobre Concurso Público

Buscando oportunidades?

Abrir Balcão de Empregos

Atos oficiais do município

DOM Online - Diário Oficial do Município

e-SUS

Abrir Sistema e-SUS